terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos foi homenageado no jogo das estrelas




No jogo de futebol beneficente, que aconteceu no Estádio Adauto Moraes, no último dia 26, o deputado Roberto Carlos (PDT) foi homenageado quando recebeu uma camisa do Corinthians, autografada pelos jogadores Daniel Alves (da Seleção Brasileira e do Barcelona), Petros (do Corinthians Paulista) e Nixon (do Clube de Regatas do Flamengo).

De acordo com Petros, o parlamentar desempenha um grande trabalho no setor do esporte para a Bahia. “Através do time que ele é presidente, a Sociedade Desportiva Juazeirense, é possível descobrir grandes atletas de futebol para o mundo. Além de incentivar a prática esportiva na região”, disse Petros.

Para o parlamentar, esta foi uma grande homenagem e ressaltou que o trabalho pelo esporte é uma grande paixão e que pretende ajudar muitos jovens. “Meu objetivo é revelar mais jogadores da região para o Brasil e para o mundo, como é o Caso de Daniel Alves, Petros e Nixon”, disse deputado Roberto Carlos.

Melhorias dos sistemas garantem abastecimento de água no litoral norte


 

Fonte: Comunicação-BA

Uma série de intervenções, empreendidas em 2014 pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), está garantindo a regularidade no abastecimento no litoral norte da Bahia nesta época de festas de final de ano. “Com alto apelo turístico desta região no período de alta estação, há aumento considerável do consumo de água em decorrência da população flutuante que chega às praias para veranear”, explica Mário May, gerente regional da Embasa em Camaçari, unidade responsável pala operação dos sistemas de abastecimento que atendem as praias do litoral norte.

Segundo ele, a empresa se preparou para atender ao aumento de demanda com melhorias nos sistemas de Camaçari, Machadinho, Jordão, Barra do Pojuca e Costa do Sauípe. Ao todo, foram investidos aproximadamente R$ 5,5 milhões, de recursos próprios, em ações como perfuração, montagem e operação de novos poços; implantação e extensão de redes distribuidoras; aquisição de equipamentos; e manutenções diversas em estruturas (adutoras e estações de tratamento).

 

Investimentos na área esportiva têm destaque no ano de 2014

 
Fonte: Comunicação-BA

A Copa do Mundo de Futebol marcou 2014 como o ano do esporte no Brasil. A Bahia, com a Arena Fonte Nova, em Salvador, foi um dos palcos do maior evento esportivo do mundo. A realização dos jogos teve o apoio fundamental do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), responsável por conduzir o processo de construção do estádio, que recebeu a melhor avaliação do público entre todos que receberam jogos da competição.
Ainda na área esportiva, o ano ficou marcado pela entrega, por parte da Setre, de importantes equipamentos para o segmento. O recém-inaugurado Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras vai possibilitar que a capital baiana sedie jogos oficiais de seleções de vôlei, basquete, futsal e handebol, além de atender a comunidade do bairro.
Em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), foi entregue, em julho deste ano, o Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), numa parceria entre o Governo da Bahia, o Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Judô. Considerado o centro de excelência da modalidade esportiva das Américas, o CPJ integra o Plano Brasil Medalhas 2016, parte da estratégia do governo federal para colocar o país entre os dez primeiros nos Jogos Olímpicos 2016 e entre os cinco primeiros nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Em parceria com a Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), a Setre também construiu e reformou quadras, ginásios e piscinas pelo interior do estado.
No apoio aos atletas, o programa FazAlteta, uma parceria entre a Setre e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), beneficiou cerca de 500 atletas e equipes nos últimos oito anos, num total de incentivos aplicados na ordem de R$ 30,3 milhões. Destaque para o campeão Mundial de Maratonas Aquáticas, Allan do Carmo, que é apoiado pelo programa desde 2005.
 

Comissão da Verdade conclui relatório parcial sobre a ditadura militar na Bahia


Fonte: Comunicação-BA
Com cerca de 300 páginas, o relatório parcial sobre a ditadura militar na Bahia foi entregue na manhã desta segunda-feira (29) pelos membros da Comissão Estadual da Verdade ao governador Jaques Wagner, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O documento é parcial e, além de reunir o que foi apurado sobre as violações de direitos entre os anos de 1964 e 1985 na Bahia, recomenda “a reinterpretação ou mudança da Lei de Anistia”, com o objetivo de responsabilizar os agentes públicos que foram autores de torturas e ocultação de cadáveres.
 
O coordenador da comissão explicou que o grupo intensificou os trabalhos para que a apuração pudesse ser entregue em mãos ao governador ainda durante sua gestão. Faltando três dias para entregar o mandato de chefe do Poder Executivo Estadual, o governador disse se sentir orgulhoso em receber o relatório preliminar. “A busca da verdade histórica, sem rancor, é fundamental para a gente saber de onde a gente veio e para aonde a gente vai”.
 
Wagner, que foi confirmado pela presidente Dilma Rousseff para assumir o Ministério da Defesa, também disse que o tema já está sendo tratado na pasta e que as consequências do relatório da Comissão Nacional da Verdade irão continuar. “Aqui [na Bahia], com certeza, o governador eleito [Rui Costa] que toma posse no dia primeiro, dará total apoio, total infraestrutura para que a Comissão da Verdade baiana possa concluir seu relatório e incluí-lo no relatório final da Comissão Nacional”.
 
Além de entregar o relatório, que foi elaborado entre os anos de 2013 e 2014, a comissão coordenada pelo jornalista Carlos Navarro Filho também fez recomendações ao governador Jaques Wagner, entre elas, que seja implantado no currículo da rede estadual de ensino uma disciplina que trate da memória da Ditadura no Brasil. “Isso é importante para a juventude e nada melhor do que se aprender na escola”.
 
Vinculada ao gabinete do governador, a Comissão Estadual da Verdade – Bahia, foi criada por meio do decreto nº 14.227, de 10/12/2012. Conforme o coordenador Carlos Navarro Filho, o relatório parcial será encaminhado ainda nesta segunda-feira à Comissão Nacional da Verdade.

Cerimônia marca cessão do Parque do Queimado para nova sede do Projeto Neoontejiba


 

Fonte: Comunicação-BA

Em comemoração à cessão do Parque do Queimado, na Liberdade, para as instalações do Programa Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba), uma cerimônia foi realizada nesta segunda-feira (29), no espaço cedido pela Embasa para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Estado (Sedes). A solenidade teve a presença do governador Jaques Wagner e apresentação de grupos de câmara do Neojiba e alunos do Projeto de Música da Organização Anjo Amigo. "É muito importante unir cultura, música clássica através desse programa criado há quase oito anos, dando oportunidade para muitos jovens, que agora terão um verdadeiro santuário cultural com a nova sede", disse o governador.

Também participaram do evento o governador diplomado, Rui Costa, o secretário estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Cezar Lisboa, o presidente da Embasa, Abelardo Oliveira, e o diretor fundador do Neojiba, maestro Ricardo Castro.

O Termo de Cessão de Uso prevê a utilização gratuita do espaço durante 20 anos, permitindo a instalação e construção da sede do programa do Governo do Estado. A área total é de 10.963 metros quadrados, e área útil de 1.644,51 metros quadrados. Junto às atividades do Neojiba, estão garantidas a continuidade e a ampliação das ações culturais da Embasa, envolvendo as famílias dos funcionários e o público em geral.

Segundo o maestro Ricardo Castro, a primeira sede do programa de visibilidade internacional passará por obras de requalificação antes do início das atividades do Neojiba, previsto para 2016. “O parque oferece identidade, a segurança e o silêncio necessário para que as crianças e jovens se sintam em um espaço especial para realizar o trabalho”.

 

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos agradece à população de Remanso pelo último pleito eleitoral


 


O deputado Roberto Carlos (PDT) esteve, neste fim de semana, no município de Remanso para agradecer, junto com suas lideranças políticas e desportistas, a votação que obteve, na cidade, na última eleição 2014.

“Quero agradecer a população de Remanso, que depositou a confiança na continuação do nosso trabalho. Reafirmo o meu compromisso com o município, colocando-me como um representante desta cidade, no parlamento baiano. Temos uma grande missão pela frente e junto com os representantes desta cidade e com a população faremos um mandato participativo, em prol do progresso de Remanso”, disse o deputado Roberto Carlos.

No evento, o parlamentar, que é presidente da Sociedade Desportiva Juazeirense, aproveitou para conhecer os atletas de futebol do município e convidou três jogadores para realizar teste para ingressar na Juazeirense.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Governador atinge meta e visita os 417 municípios baianos

 
 
Fonte: Comunicação-BA
O governador Jaques Wagner se tornou nesta segunda-feira (22) o primeiro chefe do Executivo Estadual da história a visitar os 417 municípios baianos. Parte das cidades visitadas também recebeu um governador pela primeira vez durante a gestão Wagner, quando mais de 2,5 milhões de baianos deixaram a linha da pobreza e 2,1 milhões passaram a pertencer à classe média.
Ao inaugurar a iluminação na entrada da cidade de Ibirapitanga, nesta segunda (22), Wagner atingiu a meta que, segundo ele, foi a forma de se aproximar das necessidades da população “para ouvir, como eu ouço, o obrigado pelo que chegou e a reclamação ou o pedido pelo que está faltando. Então tenho muito orgulho de dizer que completo essa missão”. No município, Wagner recebeu uma placa em homenagem por ter visitado todas as cidades baianas.
“Sou o único governador da história da Bahia que teve oito anos consecutivos de governo e o único que, durante a gestão, visitou todos os 417 municípios baianos. Isso vai ficar cravado no meu coração, Ibirapitanga foi o último município a ser visitado por mim como governador. Para governar bem é preciso pisar onde o povo está pisando, estando colando com o povo e sentindo as dificuldades. É assim que a gente fica sabendo dos problemas", finalizou Wagner durante discurso em Ibirapitanga.
Um dos municípios que recebeu um governador do estado, pela primeira vez na história, foi São José da Vitória, no sul da Bahia, onde a inédita visita no último dia 15 de dezembro foi marcante para os cerca de seis mil habitantes. “É importante para nossa cidade e demonstra o compromisso com nosso povo”, disse o prefeito Roberto Francisco dos Santos.
O prefeito de Lagoa Real, Francisco José de Freitas, acredita que a visita representa também uma oportunidade para mostrar necessidades locais e agradecer pelas ações que melhoram a vida da população. “Para nós, que estamos em um município do semiárido, essa visita é motivo de orgulho e oportunidade para o povo ter contato com o governador e também agradecer pelas melhorias na qualidade de vida das pessoas nesses anos, como o nosso abastecimento de água que era tão esperado”.
Da primeira viagem oficial no dia 6 de janeiro de 2007, quando participou da Festa de Reis e das comemorações pelo centenário de Dona Canô Veloso, em Santo Amaro, até as visitas a Aiquara, Jitaúna, Apuarema e Ibirapitanga, nesta segunda-feira, o governador percorreu cada um dos municípios e regiões da Bahia, inaugurando obras e levando ações em áreas como agricultura, social, infraestrutura, saúde e educação.

Projeto reúne pessoas em situação de rua durante confraternização





Fonte: Comunicação-BA

Uma tarde regada a música, dança, capoeira e grafitagem. Foi neste clima que moradores em situação de rua participaram, nesta segunda-feira (22), do encontro realizado pelo projeto ‘Corra pro Abraço’, da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), por meio da Superintendência de Prevenção e Acolhimento aos Usuários de Drogas e Apoio Familiar (Suprad).



Com o tema ‘Cuidando da Rua, Cuidamos de Nós’, o local do encontro foi a Praça Tiradentes, mais conhecida como Praça das Mãos, no bairro do Comércio, em Salvador, onde também funciona o Ponto de Cidadania, outra ação da secretaria. Nesta terça (23), as atividades acontecem, das 14 às 19h, na Praça Aquidabã.



A iniciativa é voltada para usuários de substâncias psicoativas em situação de rua. Durante todo o ano, profissionais que participam do projeto vão a espaços públicos em busca de homens e mulheres com esse perfil. A ação é executada pelo Centro de Referência Integral de Adolescentes (Cria), instituição conveniada com a SJDH.



Segundo a coordenadora geral do projeto, Eleonora Rabello, o ‘Corra pro Abraço’ é realizado desde junho de 2013. “Além das atividades, identificamos a demanda e fazemos encaminhamento para que as pessoas acessem os serviços de arte, educação e cultura”.



Ainda, conforme Eleonora, mais de 300 pessoas já participaram das atividades oferecidas pelo projeto desde a implantação. “Quando as pessoas mais vulneráveis não conseguem acessar os serviços é feito um acompanhamento até que este direito seja garantido. Em média, 35 pessoas participam das oficinas aqui na Praça das Mãos e no Aquidabã”.

Ampliação do acesso a serviços de saúde é destaque dos últimos oito anos



 


Fonte: Comunicação- BA

A ampliação do acesso aos serviços de saúde, a expansão da rede, e a descentralização dos serviços, com ampliação do atendimento no interior baiano, têm sido destaque nos últimos oito anos na Bahia. O investimento em saúde também ficou acima dos 12% do tesouro estadual, conforme determina a legislação.

Contribuíram para a ampliação do acesso da população ao atendimento integral a abertura de cinco novos grandes hospitais; o aumento do número de leitos - somente os de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) passaram de 319, em 2006, para 976, em 2014; a expansão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), que este ano atingiu a marca de mais de 80% da população baiana coberta; e a Estratégia de Saúde da Família, que teve a cobertura ampliada de 51,15%, em 2006, para 69,38%, em 2014.

Programas criados na atual gestão serviram de modelo para outros estados e para o governo federal, como o Programa de Internação Domiciliar, que atualmente atende 1.330 pacientes em suas residências, e o ‘Saúde em Movimento’, que realizou cerca de 150 mil cirurgias de catarata em 81 etapas.

Foram criados também o Programa Estadual Rastreamento do Câncer de Mama, possibilitando a realização de 227 mil mamografias, com 136 mulheres de diversas regiões da Bahia encaminhadas para tratamento integral de câncer de mama; o ‘Aqui a Fila Anda’, iniciativa do Governo do Estado para realização de cirurgias eletivas, como de hérnia e amídalas, que atingiu a marca de 11 mil procedimentos; e o mais recentemente criado, o Projeto Estadual de Apoio ao Planejamento Familiar, com o tema ‘Vasectomia - a escolha é sua’, que realizou 331 cirurgias em cinco etapas.

Deputado Roberto Carlos convoca torcida para o jogo das estrelas


 

O deputado Roberto Carlos (PDT) convoca a torcida do Vale do São Francisco para participar do jogo de futebol beneficente, que vai contar com estrelas do futebol mundial e será realizado nesta sexta-feira (26), no Estádio Adauto Moraes.

Entre os jogadores juazeirenses que são destaques no Brasil e no mundo, estarão presentes Daniel Alves (da Seleção Brasileira e do Barcelona, Petros (do Corinthians Paulista) e Nixon (do Clube de Regatas do Flamengo). Os ingressos do evento custarão R$ 5,00 e serão revertios para ações sociais.

O parlamentar, que participou do jogo de futebol de confraternização, em Juazeiro, esta semana, com os jogadores Petros e Nixon, ressaltou a importância deste evento. “É um grande orgulho para todos nós, juazeirenses, contar com jogadores, de nossa terra, de alto nível mundial. Além deste gesto humanitário que eles vão desempenhar, através da promoção deste evento de grande magnitude social, pois toda a renda será revestida para a nossa região”, ressaltou o deputado Roberto Carlos, que é presidente da Sociedade Desportiva Juazeirense (time da 1 ª divisão do Campeonato Baiano), e um grande representante das políticas voltadas para o esporte na Bahia.


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos quer assistência especial para recém-nascidos com deficiência ou doenças crônicas


Tramita na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, o Projeto de Lei do deputado Roberto Carlos (PDT) que institui assistência especial às parturientes carentes cujos filhos carentes, recém-nascidos, sejam portadores de deficiência. “Não são raros os casos de crianças nascidas com deficiências ou doença de natureza crônica, cujas mães, por absoluta falta de orientação e de recursos financeiros, não lhes dispensam os necessários cuidados” ressaltou o parlamentar.
O projeto estabelece que hospitais da rede estadual preste à atenção necessária as mães carentes de filhos com algum tipo de deficiência ou patologia crônica que implique tratamento continuado, constatada durante o período de internação para o parto.
A lei garantirá a prestação de informações por escrito à parturiente, ou a quem a represente, sobre os cuidados a serem tomados com o recém-nascido por conta de sua deficiência ou patologia, bem como no fornecimento de listagem das instituições, públicas e privadas, especializadas na assistência a portadores da deficiência ou patologia específica e ainda a distribuição de medicação gratuita específica ao recém-nascido, pelo Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde.
“A falta de atendimento específico, quase sempre, agrava as condições de saúde das crianças, com repercussões irreversíveis em suas vidas. Com a apresentação do presente projeto de lei, o que pretendemos é afastar que essas desagradáveis estatísticas continuem”, pontuou o deputado Roberto Carlos.

Bahia apresenta mais de 42 mil empregos formais entre janeiro e novembro



Fonte: SECOM-BA
De janeiro a novembro de 2014, a Bahia apresentou saldo positivo de 42.826 empregos formais, com destaque para o interior (28.221 empregos), que registrou o dobro dos postos de trabalho gerados na Região Metropolitana de Salvador (RMS) no período - 14.605. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).
Em novembro último, a região metropolitana apresentou saldo de 4.843 postos de trabalho. De acordo com a pesquisa, no mês, a Bahia contabilizou 2.904 empregos com carteira assinada, resultado que expressa a diferença entre o total de 60.583 admissões e 57.679 desligamentos.

Ainda no mês em análise, dos oito setores de atividade, cinco tiveram saldos positivos no estado. O maior foi registrado no comércio (+4.467 postos), seguido pela construção civil (+2.526 postos) e serviços (+2.426 postos). Serviços industriais de utilidade pública e extrativa mineral obtiveram saldos positivos, porém modestos, criando respectivamente 57 e 15 novos postos de trabalho. Os setores que registraram saldos negativos foram agropecuária (-4.060 postos), indústria de transformação (-2.126 postos) e administração pública (-401 postos).
No acumulado dos 11 primeiros meses de 2014, dos oito setores de atividade, seis apresentaram saldos positivos. Os setores com maior saldo acumulado foram serviços (+29.724 postos), comércio (+8.630 postos) e agropecuária (+3.294 postos), indústria de transformação (+1.306 postos) administração pública (+366 postos) e construção civil (86 postos). Entre os setores com saldos negativos, no acumulado do ano, estão extrativa mineral (-438 postos) e serviços industriais de utilidade pública (-142 postos).

Ações de combate à pobreza priorizam municípios do semiárido baiano


Fonte: SECOM-BA
Em 2014, a Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir) ampliou e fortaleceu as ações de combate à pobreza nas áreas mais carentes da Bahia. Tiveram prioridade os municípios do semiárido, localizados nas regiões do nordeste e sudoeste do estado, que registram os mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). As ações da Sedir têm a missão de promover o desenvolvimento regional com a inclusão socioprodutiva, por meio dos programas Produzir, Gente de Valor, Mata Branca e Quilombolas.
Comunidades rurais
O Programa de Combate à Pobreza Rural (Produzir) foi criado visando à melhoria do nível de vida e a geração de ocupação e renda de comunidades rurais pobres da Bahia, por meio de financiamentos não reembolsáveis de pequenos investimentos de infraestrutura e de apoio à produção.
 
Desde o surgimento do Produzir, 10.662 convênios foram concluídos, beneficiando mais de um milhão de famílias em 407 municípios baianos dos 417 atendidos pelo programa. As principais realizações ocorreram nas áreas de saneamento e abastecimento de água, com a conclusão de 56.456 cisternas residenciais e pequenos reservatórios elevados, 58.380 melhorias sanitárias e habitacionais, 878 sistemas de abastecimento de água, 1.420 barragens, 829 poços tubulares e 716 pontes.
A execução de outros 2.739 projetos gerou renda para 440.815 famílias, através do trabalho em usinas de beneficiamento de leite, unidades de beneficiamento de produtos pecuários, casas de farinha, centros de abastecimento, entre outras ações.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Serviço de Atendimento ao Turista tem reforço no aeroporto de Salvador


Fonte: SECOM-BA
O Serviço de Atendimento ao Turista (SAT), que este mês completa sete anos de criação pela Bahiatursa - iniciativa inédita e que serviu de modelo para vários estados do país - recebeu esta semana reforço de 40 funcionários da Infraero, empresa que administra o Aeroporto Internacional de Salvador. O trabalho começou esta semana, e continua até 10 de janeiro próximo. O posto funciona todos os dias, das 8 às 23h, em uma loja localizada em frente ao ponto de desembarque, no térreo. O telefone para contato é 71 3204-1444.
Segundo o coordenador Regional de Marketing e Comunicação Social da Infraero, Erivaldo de Almeida Cruz, a criação do receptivo especial é uma ação de preparação para atender o grande movimento de passageiros estimado para esse período, tendo em vista o resultado de uma pesquisa do Ministério do Turismo, que aponta Salvador como destino preferido pelos brasileiros neste verão.
Para Erivaldo, a expectativa é o acréscimo de 10% no fluxo de passageiros na nova estação, passando de 25 mil para 27.500 pessoas/dia. No período das festas natalina, a expectativa é que o número chegue a 35 mil pessoas. Já o fluxo de aeronave pouso/decolagem deve crescer 7%.
Agentes preparados
Os integrantes do receptivo especial são funcionários da Infraero, deslocados da área administrativa para a área de operação, e fizeram vários cursos de qualificação, incluindo atendimento ao público. “Esses cursos são uma preocupação da empresa para oferecer um serviço de excelência” disse o coordenador.
Colete amarelo
Os agentes estão usando colete amarelo para se diferenciar das demais pessoas que trabalham e transitam no aeroporto, tendo escrito na parte das costas frase em inglês e português - 'May I Help You/Posso Ajudar?'. Portando rádio para se comunicar com o balcão de informação da Infraero, os ‘amarelinhos’, como já passaram a ser chamados, estão espalhados em todas as áreas do aeroporto e prontos para dar quaisquer esclarecimentos.
Um dos agentes, Rubens Souza Marques Filho, disse que se sentia muito à vontade em trabalhar no receptivo especial, pois além de estar preparado para tratar diretamente com o público, conhece tudo a respeito do aeroporto.
Solimar Fernandes, que estava com dificuldade para localizar o voo em que sua irmã vinha de São Paulo, ficou surpreendida com o serviço. “[É] muito bom. Quando me vi em apuros, virei para o lado e vi esse rapaz [Rubens], com esses dizeres nas costas oferecendo ajuda. Foi um alívio".

PM instala placas que identificam áreas de atuação das Companhias Independentes

 
Fonte: Ascom-BA
As ruas de Salvador estão ganhando nova sinalização depois da instalação de placas informativas de projeto piloto do Comando do Policiamento Regional (CPRC) Atlântico da Polícia Militar. A iniciativa começou há cerca de três meses e já instalou 54 placas na área de atuação do comando, que vai do bairro da Barra e segue até São Cristóvão, informando qual a Companhia Independente (CIPM) atua na região, o telefone fixo de contato e ainda o número para casos de emergência, o 190. O objetivo é que, em 2015, essa ação seja ampliada também para os outros CPRC’s da capital baiana.
De acordo com o porta-voz da Polícia Militar, o capitão Bruno Ramos, a ideia do projeto piloto é identificar e tornar do conhecimento da população que as áreas da cidade pertencem a um determinado comando, o qual deve ser procurado quando necessário. “O principal ponto dessa ação é informar para que o cidadão saiba que ele pode recorrer a uma unidade mais próxima de sua casa, de seu estabelecimento comercial, caso haja uma demanda. Importante salientar que as chamadas de situação de emergência ainda devem ser realizadas através do 190, que é o canal especializado para atender rapidamente qualquer necessidade da população”, explicou o capitão.
Uma das placas foi instalada próximo à barraca de frutas do comerciante Marivaldo Dias Carmo, no bairro do Itaigara, que aprovou a iniciativa. “Muitas vezes as pessoas chegam aqui procurando a informação sobre onde está o posto da polícia, e tentamos explicar, mas agora com a informação, com um telefone de contato, já fica muito mais fácil”.

Investimentos em mobilidade urbana, habitação e saneamento somam R$ 20 bi na Bahia



Fonte: Comunicação-BA
Alçadas à categoria de prioridade máxima pelo Governo do Estado, as áreas de mobilidade urbana, saneamento básico e habitação popular receberam mais de R$ 20 bilhões de investimentos nos últimos oito anos. Esses recursos permitiram que o Governo da Bahia construísse 129,6 mil casas populares, levasse água e ampliasse o sistema de esgotamento sanitário para mais de quatro milhões de baianas e baianos, e mudasse radicalmente o horizonte da mobilidade urbana em Salvador, terceira maior cidade do Brasil, e nos municípios do interior do estado.

Mobilidade
O metrô, obra assumida pelo Governo do Estado em 2013, é uma das mais importantes intervenções realizadas na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Com início da operação assistida em junho, o modal atendeu à Copa do Mundo e já alcançou a marca de dois milhões de passageiros transportados. O trecho inicial da Linha 1 possui 7,3 quilômetros, compreendendo às estações Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Acesso Norte e Retiro.
As obras de complementação da Linha 1, que deve chegar até Pirajá, e da Linha 2, que vai ligar o Acesso Norte ao Aeroporto Internacional de Salvador, estão em ritmo acelerado. Com investimento de R$ 3,6 bilhões, a previsão é que os 40 quilômetros do metrô estejam prontos em 2017.

O Estado também lançou edital de pré-qualificação para selecionar os interessados em participar da licitação do sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai requalificar o Sistema Ferroviário da Calçada-Paripe. Totalizando 18,5 quilômetros de extensão e 21 estações, o sistema beneficiará mais de 1,5 milhão de moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador.
Ainda na área de mobilidade, destacam-se as duplicações da Avenida Pinto de Aguiar - já concluída, com investimento de R$ 70 milhões - e da Avenida Gal Costa, além da implantação da Via Lobato-Pirajá. As obras fazem parte do Corredor Transversal 1, via com 12,7 quilômetros de extensão. Já o Corredor Transversal 2, com recursos de R$ 581,5 milhões, terá 12 quilômetros a partir da implantação da Avenida 29 de Março e duplicação da Avenida Orlando Gomes, ambas em andamento.
O governo estadual também investiu R$ 480 milhões na construção da Via Expressa Baía de Todos-os-Santos, considerada uma das maiores intervenções viárias já executadas em área urbana no Brasil, e mais de R$ 100 milhões na construção do Complexo Viário do Imbuí-Narandiba, Estrada do Curralinho e Ligação Avenida Luís Eduardo Magalhães/BR-324.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos é diplomado nesta segunda-feira







O deputado Roberto Carlos (PDT) participou, nesta segunda-feira (15), às 15hs, da cerimônia de diplomação, que aconteceu no auditório Iemanjá, no Centro de Convenções da Bahia.

De acordo com o parlamentar, este ato representa a democracia. “É a legitimação da vontade do povo, que escolheu, nas urnas, o seu representante. É o referendo do trabalho que realizamos na campanha e durante os mandatos passados, garantindo o direito à posse, que será realizado no dia 1º de fevereiro de 2015”, ressaltou o deputado Roberto Carlos, que aproveitou para agradecer a confiança de mais quase 62 mil pessoas que votaram nele.

“Como servidor da Bahia, vou continuar o trabalho, voltado para a população que mais precisa”, concluiu o parlamentar.

Na oportunidade, foram diplomados o governador Rui Costa, o vice-governador João Leão, o senador Otto Alencar, 39 deputados federais e 62 deputados estaduais.




quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Novos equipamentos intensificam atuação da PM na Baía de Todos-os-Santos





Fonte: ASCOM-BA

Moradores do entorno da Baía de Todos-os-Santos e os turistas que visitam as 14 cidades e 56 ilhas ou ilhotas da região, a costa e a contra-costa da Ilha de Itaparica irão perceber ainda mais a presença da Polícia Militar da Bahia (PMBA). Nesta quinta-feira (11), em cerimônia no Centro Náutico da Bahia, no bairro do Comércio, em Salvador, a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) recebeu uma lancha de 21 pés, dois botes infláveis e nove motos aquáticas, ampliando e qualificando a frota, que já contava com barcos de alumínio, lanchas, carros e motocicletas. O evento teve a presença do comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), coronel Alfredo Castro, do comandante de Policiamento Especializado, coronel Paulo Faustino, e do comandante da Coppa, tenente-coronel Nilton Cézar Machado.

Segundo Machado, mesmo que o foco seja a proteção dos recursos naturais, principalmente os hídricos, os equipamentos serão utilizados em qualquer situação em que seja necessária a atuação policial, como a 'Operação Verão'. “Embora não tenhamos a competência constitucional para realizar policiamento marítimo, quando entramos no mar para combater o crime ambiental, por sermos policiais militares, também contribuímos para a redução de outros crimes, como o tráfico de drogas, pirataria, entre outras práticas delituosas”.


O comandante da Coppa informou também que, somente este ano, os 128 policiais militares que compõem a Companhia realizaram mais de quatro mil abordagens em embarcações e apreenderam 24 explosivos (bombas) utilizados em pesca ilegal. “A utilização de bombas para a pesca causa danos à fauna aquática. As lagostas, por exemplo, estão cada vez mais raras na baía. Também existem registros de que a utilização destes artefatos já causaram surdez, cegueira, mutilação e morte de mergulhadores e banhistas”.


Na ocasião, o comandante geral da PMBA, coronel Alfredo Castro, ressaltou que a principal missão constitucional da Polícia Militar é preservar vidas. “A Coppa nos traz esta condição de proteger o meio ambiente e, consequentemente, vidas”.

Seja por motivos profissionais ou turísticos, milhares de pessoas fazem a travessia pela Baía de Todos-os-Santos diariamente. Morador de Morro de São Paulo, na Ilha de Tinharé, que pertence ao município de Cairu, o operador de telemarketing William Santos aprovou o investimento. “Fiquei muito feliz com a chegada destas lanchas e motos aquáticas. Até os turistas quando visualizarem isso irão se sentir mais seguros”.

Governo amplia acesso às políticas de educação na rede estadual


Fonte: ASCOM-BA

No desafio contínuo de promover uma escola pública e de qualidade, o Governo da Bahia, por meio da Secretaria da Educação, implantou o Programa Todos pela Escola, que integra o PPA Participativo e reúne projetos estruturantes responsáveis pela diversificação do currículo escolar. De maneira articulada com o governo federal e municípios, o Estado avança em todas as etapas da educação básica, beneficiando crianças, jovens e adultos, e garantindo a todos o direito de aprender.

Uma dessas ações é o Pacto com Municípios pela Alfabetização, por meio do qual o Estado, em 2014, juntamente com o Ministério da Educação (MEC) e municípios, une esforços para alfabetizar, com letramento, as crianças com até 8 anos de idade. O Pacto beneficia atualmente mais de 367.189 estudantes, em 21 mil salas de aula e 11.101 unidades escolares, em 403 municípios baianos.

A alfabetização na idade certa possibilita que o estudante chegue nas próximas etapas da educação básica com aprendizagens necessárias para ter êxito no percurso escolar. Outra iniciativa de destaque é o projeto Gestão da Aprendizagem Escolar (Gestar), criado em 2011.

O Gestar intervém na realidade escolar, ao mesmo tempo em que promove a formação continuada de professores, buscando a melhoraria do aprendizado dos estudantes em língua portuguesa e matemática. A iniciativa envolve 186 mil estudantes da segunda fase do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), de 603 escolas, em 276 municípios baianos.

Ainda no ensino fundamental, outro projeto implantado pelo Governo do Estado foi o Ciência na Escola, que tem o propósito de ampliar os conhecimentos científicos dos estudantes. Em 2013 e 2014, a iniciativa já envolveu mais de 170 mil estudantes de 738 escolas da rede estadual. Todos esses projetos envolvem formação de professor e produção de material didático.

Com o Projeto Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec), o Estado vem garantindo que os estudantes residentes em áreas remotas da Bahia concluam o ensino médio. As atividades são transmitidas, via satélite, em tempo real, com a presença de professores mediadores em sala de aula. Este ano, o EMITec tem mais de 17 mil estudantes matriculados de 430 localidades distantes da capital. Outros 11 mil estudantes se formaram por meio deste projeto.



Protagonismo juvenil

Outros projetos de destaque são os de arte, ciência, cultura e esporte desenvolvidos nas escolas, em âmbitos regional e estadual, por meio do 'Encontro Estudantil Todos pela Escola: ciência, arte, esporte e cultura', que na terceira edição, este ano, reuniu produções estudantis de mais de 3.500 alunos, de 28 a 30 de outubro, na Arena Fonte Nova.

Os projetos são o Festival Anual da Canção Estudantil (Face), o Tempos de Arte Literária (TAL), o Artes Visuais Estudantis (AVE), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (Prove), projeto de Dança Estudantil (Dance), Canto Coral Estudantil (Encante), Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), Tenda Digital, Centros Juvenis de Ciência e Cultura, Mostra da Educação Profissional e Feira de Ciências e Matemática.

Ao mesmo tempo em que refletem as políticas públicas implementadas pelo Estado, nos últimos oito anos, os projetos promovem o protagonismo juvenil, diversificam os saberes nos currículos escolares e garantem o direito ao conhecimento e à cultura.


Temporada de cruzeiros começa e atrai para Bahia 180 mil turistas




Fonte: ASCOM-BA

Começam a desembarcar na capital baiana os visitantes que chegam por meio de cruzeiros marítimos. Um total de 68 navios deve atracar no Porto de Salvador, localizado na Avenida da França, até o final do verão, de acordo com a previsão da Secretaria do Turismo do Estado (Setur). A expectativa do órgão é que o turismo marítimo traga à cidade cerca 180 mil pessoas, entre brasileiros e estrangeiros, até março do próximo ano.

Entre os visitantes, está a família da vendedora da cidade da Maringá, no Paraná, Juliana Recco, que visitou Salvador pela primeira vez nesta quarta-feira (10). Acompanhada do marido, Elias Bastos, e da filha Giordana, de 6 anos, a paranaense falou sobre a experiência de viajar de navio e a escolha do destino.

Segundo Juliana, há cinco anos ele tinha feito outra viagem semelhante, mas como a filha era muito pequena, acabou não participando. "Desta vez, veio a família inteira e escolhemos como destino Salvador, que tínhamos o sonho de conhecer. Viajar assim é muito mais confortável para todos, com muita coisa para fazer e atividades para todos os gostos”.

A família passeou pelos principais pontos turísticos de Salvador, como a Igreja do Bonfim, o Pelourinho e o Farol da Barra, acompanhada de perto pelo guia de turismo João Luz. Engenheiro agrônomo por formação, há cerca de dez anos João abandonou a profissão para trabalhar com receptivo e agora faz as visitas guiadas para os turistas de navios que atracam no porto. “Descobri o interesse pela história da minha cidade e hoje tenho muito prazer em receber pessoas na minha terra e colaborar com o turismo cultural, contextualizando os nossos atrativos e passando conhecimento também".


Destinos no interior

Segundo o secretário estadual do Turismo, Pedro Galvão, pessoas como João se beneficiam diretamente com a chegada desse público. “Os turistas que chegam em navios podem não utilizar a rede hoteleira, mas movimentam a economia baiana de maneira significativa, uma vez que visitam nossos principais pontos turísticos guiados por pessoal credenciado e qualificado, fazem compras e almoçam comida típica nos restaurantes da cidade, contribuindo para o turismo como um todo”.

O secretário considera que a chegada de turistas via navios cria oportunidades para outros retornos à Bahia. “De cruzeiros, normalmente essas pessoas passam um ou dois dias na capital, mas o que temos percebido é que elas se interessam em voltar, em outra ocasião, para ficar mais dias em Salvador e também conhecer destinos no interior do estado, como a Chapada Diamantina, a região sul, nossas praias e tantos outros lugares que temos a oferecer”.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

As Leis de Organização Básica da PM e dos Bombeiros, que o deputado Roberto Carlos ajudou a aprovar, são sancionadas






Nesta terça-feira, foram sancionadas pelo Governo do Estado, e publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (10), as Leis de Organização Básica (LOBs) da Polícia Militar da Bahia (Lei 13.201) e do Corpo de Bombeiros (Lei 13.202), que o deputado ajudou a aprovar, votando a favor, na Assembleia Legislativa da Bahia. Os dois projetos de lei, de autoria do Poder Executivo Estadual, foram aprovados no dia 19 de novembro.

De acordo com o parlamentar, esta sanção da LOB da PM, vai possibilitar a promoção de cinco mil policiais militares, em 2014. “Esta lei vai possibilitar, ainda, a criação de novas unidades da PM no interior da Bahia, garantindo mais autonomia a instituição, que vai implantar mais cinco colégios da PM e quase 20 companhias independentes da corporação. É o caso da implantação do colégio em Senhor do Bonfim que tem a minha indicação ao coronel Castro da Polícia Militar”, disse o deputado Roberto Carlos.


Artesanato baiano estará presente no Salão Mãos do Brasil em São Paulo



Fonte: ASCOM-BA

Artesãos, associações e cooperativas de artesanato da Bahia estarão presentes no Salão Mãos do Brasil, que será realizado a partir desta sexta-feira (12), até o próximo dia 20, no Pavilhão de Exposições Oeste do Anhembi, em São Paulo.

O evento, promovido pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, através das Coordenadorias Estaduais do Programa do Artesanato Brasileiro – PAB, tem como objetivo promover a troca de experiências entre artesãos de 27 estados brasileiros sobre as diferentes culturas, tradições e técnicas de produção. Com a movimentação da chegada das festividades natalinas, o salão é um canal para a comercialização das peças e uma chance para capacitações de artesãos.

Para a diretora do Instituto Mauá, Emília Almeida, este evento nacional é importante, pois os artesãos têm contato direto com clientes e fornecedores de outras regiões. “O Salão Mãos do Brasil é um bom momento para difundir os valores culturais da Bahia, por meio dos trabalhos dos nossos artesãos, que vão apresentar produtos de diversas tipologias, além de garantir oportunidade de trabalho e renda”, ressalta.

Segundo a gerente de comercialização do Mauá, Rosemary Aguiar, a Bahia, através da autarquia, será representada por produtos artesanais do Artesanato de Associação de Maraú, da Associação Aliança de Ituberá, da Associação Casa dos Artesãos de Juazeiro, Associação dos Artesãos de Guanambi, Cooperativa Artesanal de Rio de Contas, Artesão da Família JC em Lençóis, Artesãos de Salvador, Associação Costa do Descobrimento, Artesão de Terra Nova, Cooperativa de Sauípe, Artesã de Paulo Afonso, Associação e Auxílio Mutuo dos Oleiros de Maragogipinho.

Bahia avança no fomento à tecnologia e na universalização da inclusão digital


Fonte: ASCOM-BA

Ampliação do acesso à internet, da inclusão digital e do fomento à inovação e à tecnologia. Este é o resultado comprovado pelos números apurados pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), após oito anos de gestão do governador Jaques Wagner. São 999 Centros Digitais de Cidadania implantados nos 417 municípios do Estado, com 35 milhões de acessos e mais 900 mil usuários cadastrados. O Programa de Aprendizado Jovem (Proaj) registra 6.610 alunos, entre formados e matriculados. Já o Projeto Link Aprendiz tem cerca de três mil alunos em sala de aula. O total de investimento em programas e projetos, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), é de R$ 455,7 milhões.

A missão da Secti, de investir e contribuir para que o estado tenha novo ritmo de desenvolvimento sustentável, vem sendo concretizada, por meio dos principais programas e projetos da pasta. A secretária Andrea Mendonça destaca a importância da inovação para o fortalecimento e incentivo de produções científicas. “Temos obtido avanços significativos, principalmente na participação popular. Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tivemos a presença de mais 18 mil pessoas, enquanto no Campeonato de Robótica Lego participaram 1.200 participantes oriundos de escolas da capital e do interior, no Parque Tecnológico”.


Atlas eólico

Outro marco da Secti foi a publicação do Atlas Eólico da Bahia como ferramenta de estudos e planejamento para o setor no estado. O atlas compilou dados provenientes de 156 torres anemométricas e apresenta dados sobre a capacidade de gerar, a 150 metros de altura, 195 GW, o que significa a capacidade de gerar 766 terawatts/hora, dando à Bahia competência para participar dos leilões de energia.

Tecnologia social

Já o resultado do fortalecimento da tecnologia social em favor da agricultura familiar, em projetos como o Tecsol, pode ser verificado, por meio da atuação da Secti, em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O projeto visa fortalecer as cadeias produtivas do licuri, em Caldeirão Grande, com reciclagem na Região Metropolitana de Salvador (RMS). São 36 famílias beneficiadas pela Cooperlic, que trabalham produzindo artesanato e alimentos, onde a Secti entregou uma van para funcionar como minicozinha móvel para pequenas produções.


Editais e Parque Tecnológico


O trabalho da Secti no apoio e fomento ao desenvolvimento tecnológico de empresas de base vem aumentando consideravelmente com os editais do Parque Tecnológico da Bahia. Com apenas dois anos de funcionamento, o Tecnocentro Bautista Vidal, edificação construída seguindo os conceitos de sustentabilidade, integra o poder público, a comunidade acadêmica e o setor empresarial.

Andrea Mendonça ressalta a importância deste equipamento para a Bahia. “O Tecnocentro já possui 90% da sua estrutura ocupada por laboratórios de instituições públicas e privadas, com 41 empresas, sendo 24 incubadas, que empregam cerca de 450 profissionais. A Áity - Incubadora de Empresas - presta diversas consultorias, assessoramento e acompanhamento para desenvolver suas atividades, num espaço de grande visibilidade aos olhos de possíveis financiadores de seus projetos”.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Conselho Estadual da Cultura e Colegiados Setoriais das Artes têm nova composição



Fonte: Comunicação-BA

Os 237 novos integrantes do Conselho Estadual da Cultura (CEC) e dos Colegiados Setoriais das Artes e de Cultura, que pela primeira vez têm representantes eleitos pela sociedade civil, tomaram posse na tarde desta terça-feira (9). Realizada na Sala Walter da Silveira, nos Barris, a cerimônia contou com a presença do governador Jaques Wagner.

Para o governador, a ampliação da participação da sociedade na elaboração e execução de políticas públicas culturais garante a representatividade territorial e dos diversos segmentos do setor. "Hoje as políticas culturais claramente têm mais a ver com quem produz e consome cultura e é claro que isso resulta de uma democracia maior nos conselhos e colegiados".

Pela primeira vez, conselheiros eleitos pela sociedade civil integram o órgão constituído por dez representantes dos territórios de identidade cultural e dez eleitos dos setores culturais e dos fazeres, todos com os respectivos suplentes. Outros dez nomes e suplentes são indicados pelo poder público, totalizando 60 integrantes, sendo dois terços da sociedade civil e um terço do poder público.

Os colegiados são uma instância de consulta, participação e controle social das políticas públicas prevista na Lei Orgânica da Cultura da Bahia (12.365/11). Além dos Colegiados Setoriais das Artes, que passam a ter novos representantes, em 2015, a Bahia terá os primeiros Colegiados Setoriais de Cultura, com integrantes eleitos para o biênio 2015/2016 entre os setores de Arquivos e memória, Bibliotecas, Culturas Afrobrasileiras, Culturas Indígenas, Culturas Populares, Design, Livro e Leitura, Moda, Museus, Patrimônio.


Convênio viabiliza equoterapia para crianças carentes de Salvador

Fonte: Comunicação-BA
A Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri) assinou convênio na última sexta-feira (5) com a Associação Bahiana de Equoterapia (Abae) e a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos de Passeio e Esporte (ABCCPE), para que as instalações do Parque de Exposições de Salvador sejam utilizadas diariamente no atendimento gratuito de equoterapia para crianças e adolescentes da capital baiana. A equoterapia é um recurso terapêutico direcionado ao desenvolvimento biopsicossocial para pessoas com deficiência ou com necessidades especiais, trata-se de um tratamento complementar na recuperação e reeducação motora e mental.
Para o secretario da Agricultura da Bahia, Jairo Carneiro, “a assinatura deste convênio é uma demonstração de que o Governo do Estado, por meio da Seagri, cumpre seu papel social, possibilitando a reabilitação e a inclusão social de crianças com dificuldades motoras ou com necessidades especiais, através da infraestrutura e a logística do Parque de Exposições, para o tratamento com a equoterapia”.
De acordo com o presidente da (ABCCPE), Bruno Machado, o convênio vai possibilitar o aumento do atendimento para crianças e adolescentes com dificuldades motoras e psíquicas, além de promover a inclusão social. “Estamos conseguindo aumentar a nossa meta de atendimento de 130 crianças, em 2012, para quase 500 que já estão sendo atendidas este ano na associação”, declarou Machado.
Na oportunidade, a presidente da Associação Bahiana de Equoterapia (Abae), Maria Cristina Guimarães, disse que “além de utilizar as instalações do Parque de Exposições de Salvador, o desafio é expandir a prestação deste serviço para toda a população do interior do estado, utilizando os parques de exposições dos municípios”. Cristina explica, ainda, que esta ação é necessária para atender a demanda do interior, evitando o deslocamento das crianças com deficiência para a capital.
Inscrições
Para o atendimento, estão sendo disponibilizados profissionais das áreas de saúde, educação e equitação. As inscrições, que começaram nesse final de semana, durante a Fenagro, permanecem abertas na sede ABCCPE, que fica localizada no Parque de Exposições de Salvador. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (71) 3286-5700.

Programa Caminho da Escola beneficia zona rural de Macarani com ônibus escolar


Fonte: comunicação-Ba
Criado em 2007, o Programa Caminho da Escola, do governo federal, tem levado progresso a diversas cidades baianas. Na manhã desta terça-feira (9) foi a vez de contemplar Macarani, na região sudoeste, onde o governador Jaques Wagner entregou as chaves de um novo ônibus escolar, que deve garantir, na ida e na volta do colégio, mais conforto e segurança para milhares de crianças. Durante o evento, ele também assinou ordem de serviço para a construção de 488 cisternas, que devem beneficiar milhares de famílias da zona rural do município.
"É uma alegria entregar ao município de Macarani esse ônibus e a autorização para a construção das cisternas. Estou honrando compromisso. Isso vai trazer melhorias e ainda mais condições para que a população local viva com mais comodidade. Só vamos parar quando os problemas, como a falta de água, não existirem mais", afirmou o governador Jaques Wagner.
A aluna da Escola Altamira Pires, Jerlane Silva, disse que, com o novo ônibus, os estudantes poderão fazer “os 20 quilômetros da área rural até a escola com menos tempo, chegando sem atraso e com mais comodidade. Tudo isso incentiva a estudar”. O equipamento, um investimento de R$ 250 mil, possui itens de acessibilidade para atender também a estudantes com necessidades especiais.
Cisternas
Presente na cerimônia, o morador da região, Marcos Roberto Silva, disse que em alguns pontos, como, por exemplo, no Guarujá, falta água para consumo humano. "Às vezes, ficamos sem água para beber, tomar banho e lavar prato. Só que agora, com a cisterna, vamos ter uma reserva de água e em dia de falha do fornecimento não teremos prejuízos com a saúde e higiene”.
Mais empregos
Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), concedeu dois galpões para facilitar a chegada da indústria de calçados femininos, Bárbara Krás, ao município de Macarani. A previsão é que a empresa comece a funcionar a partir de janeiro de 2015, oferecendo entre 400 e 600 vagas de emprego para a população local. A indústria, que é de Santa Catarina, também já contou com incentivos fiscais concedidos pelo Governo, para a implantação de uma unidade em Caatiba.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Governador Jaques Wagner e o comandante da Polícia Militar coronel Castro atendem a indicação do deputado Roberto Carlos para a cidade de Senhor do Bomfim





Atendendo a reivindicação do deputado Roberto Carlos (PDT), o Governo do Estado, através do Comandante Geral da Policia Militar, cel. Castro, vai implantar um colégio da Polícia Militar, no município de Senhor do Bonfim.
De acordo com o parlamentar, a nova unidade escolar, que se pleiteia para a cidade de Senhor do Bonfim, será de grande importância para os jovens do município, que poderão usufruir dos benefícios oferecidos pelo sistema de ensino militar.
“O ensino oferecido pela instituição da PM é referência na Bahia. Além disso,  o colégio Militar oferece instrução e orientação para que seus alunos possam tomar decisões acertadas nas diversas situações que enfrentarão em suas vidas, tornando-os  verdadeiros cidadãos”, disse o deputado Roberto Carlos.
Tendo uma população estimada em quase 80 mil habitantes, a instalação do Colégio Militar será mais uma opção para os estudantes de toda a região,  pois o município de Senhor do Bonfim, além de possuir muitos  distritos, poderá beneficiar as cidades circunvizinhas.
“Sem dúvida, o prefeito, vereadores, muitos pais de família e a população anseiam por esta obra, que representa um pleito antigo para a cidade”, destacou o parlamentar.
O deputado Roberto Carlos votou a favor da Lei de Organização Básica, que foi aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia, responsável por essa nova dinâmica da Polícia Militar e do Corpo do Bombeiro, que garante a reestruturação das corporações, proporcionando condições administrativa e financeira para realizar licitações e contratos, criando novas unidades, bem como promoções no quadro funcional.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos homenageia o juiz Ednaldo Fonseca na Assembleia Legislativa da Bahia







Fonte: ALBA

O deputado Roberto Carlos (PDT) comandou, nesta sexta-feira (05) os trabalhos da Sessão Especial que entregou ao juiz Ednaldo da Fonseca Rodrigues o Título de Cidadão Baiano, em reconhecimento ao importante trabalho prestado pelo jurista ao Estado da Bahia. A homenagem ocorreu às 10h, no plenário Orlando Spínola, do Palácio Luís Eduardo Magalhães na Assembleia Legislativa da Bahia.

Roberto Carlos lembrou que o magistrado nasceu em 1957, na cidade de Petrolândia, em Pernambuco. Mudou-se para a Bahia em 1989, quando foi aprovado no concurso do Tribunal de Justiça da Bahia, indo prestar seus serviços como Juiz de Direito e Eleitoral nas cidades de Curaçá, Remanso, Chorrochó, Sobradinho, Abaré, Casa Nova, Pilão Arcado. Ainda segundo o pedetista, “a missão desse magistrado foi aproximar o judiciário das comunidades, garantindo o acesso às informações e facilitando na organização política de cada município”.

Esta proposição do deputado Roberto Carlos, foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares baianos, que reconheceram o importante trabalho prestado pelo jurista ao Estado.

“Propus esta homenagem, pois reconheço a contribuição do juiz Ednaldo da Fonseca, com todo seu conhecimento para o engrandecimento da Bahia. Agora, mais que merecidamente, ele é um de nós: um Cidadão Baiano”, disse o deputado Roberto Carlos.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Feira de agricultura familiar e economia solidária mostra força do segmento na Bahia


 
 
Fonte: ASCOM-BA

‘Tão importante quanto saber o que está comprando é conhecer quem está vendendo’. Com esse tema, a Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária (V Febafes), um dos espaços mais visitados da Feira Internacional da Agropecuária da Bahia (Fenagro 2014), busca aproximar a população da capital baiana com o campo, por meio dos produtos oriundos da agricultura familiar. A diversidade é grande, de roupas, bolsas e utensílios domésticos feitos artesanalmente até a fruticultura e iguarias - beijus, caldos de frutos do mar, sorvetes de cachaça de Abaíra e de aipim, além de churrasquinho de bode e muito mais.

A feira funciona até domingo (7), último dia do evento, das 17 às 22 h, de segunda a sexta-feira, e das 14 às 22h no sábado e no domingo. Com objetivo de consolidar e abrir mercados para os produtos da agricultura familiar e economia solidária da Bahia, a Secretaria da Agricultura (Seagri), por meio da Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bahia (Unicafes), promove a quinta edição da feira.


Estrutura

A estrutura da feira abriga 40 estandes, incluindo feirinhas de orgânicos e de produtos das comunidades quilombolas, numa variedade de mais de três mil itens expostos. Cem empreendimentos, entre associações e cooperativas, comercializam e promovem degustação para o público e, especialmente, para gerentes e donos de hotéis, restaurantes, delicatessens e supermercados, além de diretores de escolas públicas da Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Segungo a diretora da Cooperativa de Pequenos Agricultores de Café de Barra do Choça (Cooperbac), Regina Dantas, “esta é a terceira vez que a Cooperbac participa com estande na feira. Hoje não vendemos o café fabricado pela cooperativa apenas em Barra do Choça, mas também em outros municípios, e devemos isso muito às feiras”. De acordo com ela, a cooperativa, que possui mais de 150 associados, já produz café de qualidade, tendo o selo da agricultura familiar, mas ainda terceiriza a torrefação e moagem do grão. “No entanto, um projeto de implantação da indústria de beneficiamento do café no município, com incentivos do Programa Vida Melhor, já está em andamento”, afirmou.

Plano de Desenvolvimento do Cooperativismo da Bahia é concluído




Fonte: ASCOM-BA
 
Após longas discussões, foi concluído nesta quarta-feira (3) o Plano de Desenvolvimento do Cooperativismo da Bahia para o período 2015-2020, em reunião presidida pelo superintendente de Economia Solidária, Milton Barbosa, na sede da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

A elaboração do plano, que começou em setembro de 2013, esteve sob a responsabilidade de técnicos da Superintendência de Economia Solidária da Setre, representantes da Organização das Cooperativas do Estado da Bahia (Oceb) e da União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Estado da Bahia (Unicafes).

Para Milton Barbosa, o plano é considerado mais um instrumento importante para o fortalecimento das políticas públicas da Economia Solidária no estado. O presidente do Sistema Oceb/Sescoop-BA, Cérgio Tecchio, disse que a iniciativa “define o que o governo tem a fazer e qual o papel do Estado em prol do cooperativismo”.


Lançamento oficial

No próximo dia 10, o Plano será apresentado, no mesmo local, aos representantes do segmento, em reunião conjunta, envolvendo os conselhos de Cooperativismo (Cecoop) e de Economia Solidária (Cees). O lançamento oficial está marcado para o dia 15 deste mês, junto com a Cartilha do Cooperativismo, que compõe a 'Coleção Trabalho Decente', de responsabilidade da Setre. Após esta etapa, a secretaria se encarregará de dar a formatação editorial ao documento, de modo a consagrar o compromisso do cooperativismo baiano pelo Governo do Estado.

A elaboração do plano foi iniciada a partir de uma reunião extraordinária do Conselho Estadual de Cooperativismo, realizada na sede Setre, sob a presidência do secretário estadual do Trabalho e Esporte, Nilton Vasconcelos.

EBDA apresenta na Fenagro as ações para fortalecimento da fruticultura na Bahia

 
 
 
Fonte: ASCOM-BA

De acordo com dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, do IBGE, a Bahia ocupa a 3ª posição nas exportações brasileiras de frutas in natura, com ênfase na produção de banana, manga, uva e mamão. Neste ano, a citricultura baiana atingiu o segundo lugar no cenário nacional na produção de frutos. Outro destaque é a produção do coco-da-bahia, que coloca o estado como o primeiro produtor do Nordeste e do Brasil.
O desempenho também é resultado das ações que a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria da Agriculktura (Seagri), tem intensificado para o desenvolvimento da fruticultura no estado. Pesquisas nos laboratórios da empresa, como a cultura do citros e o melhoramento genético de fruteiras tropicais, são exemplos de trabalhos que contribuem para o fortalecimento da produção.
Durante a 27ª edição da Feira Nacional da Agropecuária (Fenagro), que acontece até o próximo domingo (7), no Parque de Exposições de Salvador, a EBDA expõe os segmentos da Cadeia Produtiva da Fruticultura - dos insumos (mudas, corretivos e adubos) à apresentação de trabalhos de pesquisa e Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).
Os visitantes conferem no estande da Cadeia Produtiva uma exposição de frutas exóticas como a macadâmia, champedaque, sapota, mabolo, uampi, matum, abricó da praia e sapoti, cultivadas na Estação Experimental de Mandioca e Fruticultura Tropical, unidade da EBDA localizada em Conceição do Almeida, município da Região Metropolitana de Salvador (RMS).
 
Conjunto de etapas
 
Agricultores familiares assistidos pela empresa nos territórios do Recôncavo e Litoral Norte, também expõem mudas de fruteiras como jaca, cajarana, jabuticaba, jenipapo, sapoti, graviola, tamarindo, jambo, pitomba, cupuaçu, pitanga, carambola e diversas variedades de laranja. Para demonstrar o elo final da cadeia produtiva, indústrias de processamento de frutas estarão distribuindo produtos, a exemplo do suco de laranja, maracujá e uva.
Segundo o engenheiro agrônomo da EBDA, Nilton Caldas, o estande foi montado de forma que os visitantes possam entender que a Cadeia Produtiva da Fruticultura é um conjunto de etapas consecutivas, ao longo das quais os diversos insumos sofrem algum tipo de transformação, até a constituição de um produto final e sua colocação no mercado.
Também agrônomo da EBDA, Luiz Fernando Melo observa que a fruticultura na Bahia vem se transformando, com o passar dos anos, num dos mais significativos segmentos da agropecuária. “A absorção de tecnologias de ponta, as condições climáticas favoráveis e a oferta de água para irrigação tem propiciado a produção de frutas de excelente padrão de qualidade, com grande aceitação nos mercados interno e externo, gerando emprego, renda e divisas”.
 
Capacitações
 
Entre as diversas ações desenvolvidas pela EBDA para fortalecer a Cadeia da Fruticultura no estado, destacam-se a produção de mudas de caju anão precoce, enxertadas no Centro de Formação de Agricultores Familiares do Território Semiárido Nordeste II (Centrenor), em Ribeira do Pombal. Além disso, a elaboração e supervisão de projetos de crédito rural, organização de associações e cooperativas da agricultura familiar e também orientações técnicas do plantio à colheita e comercialização.
Também faz parte das atividades, a preparação de publicações técnico-científicas e a realização de capacitações contemplando agricultores, agricultoras e jovens familiares nos Centros de Formação de Agricultores Familiares dos Territórios do Recôncavo (Centrefrut) e no Território Semiárido Nordeste II (Centrenor).

Comando Geral da PM atende indicações do deputado Roberto Carlos para Juazeiro e Senhor do Bonfim




Atendendo as reivindicações do deputado Roberto Carlos (PDT), o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Castro, viaja, nesta sexta (05) para entregar um ônibus para a Polícia Militar de Juazeiro, que deverá facilitar o transporte dos Policiais Militares, além de garantir às unidades do Corpo de Bombeiros das cidades de Juazeiro e Senhor do Bonfim um veículo Auto Bomba Tanque – ABT, com capacidade para 5 mil litros de água, um veículo Auto Comando de Área – ACA – e uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

De acordo com o coronel Castro, esses são pleitos do deputado Roberto Carlos, que esteve sempre presente solicitando ao comando Geral da Polícia Militar e ao Governo do Estado ações que garantam mais infraestrutura para a PM e para o Corpo de Bombeiro da Região Norte do Estado. “Roberto Carlos é um parlamentar muito combativo, sobretudo, quando o assunto é melhor condições de infraestrutura que garantam segurança à população”, disse o Coronel Castro.

O deputado Roberto Carlos agradeceu o empenho do Governo do Estado, na figura do Cel. Castro. “Atencioso, trabalhador e íntegro, assim defino a gestão do comandante do Cel. Castro, da PM da Bahia. Em sua gestão, a estrutura da Polícia e dos Bombeiros deu um salto significativo rumo ao progresso. Ainda temos muito para melhorar, mas estamos avançando”, disse o deputado Roberto Carlos.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Deputado Roberto Carlos participou da inauguração de instalações do 10º Grupamento de Bombeiros Militares


 







O deputado Roberto Carlos (PDT) participou, na manhã desta quarta-feira (03), da solenidade de inauguração da Torre de Treinamento, Canil e Academia de Educação Física, além da reinauguração do Campo de Treinamento de Combate a Incêndios e demais instalações físicas da sede do quartel, no município de Simões Filho.

De acordo com o parlamentar, que está sempre apresentando proposições ao Governo do Estado para reivindicar melhorias às instituições dos Bombeiros e da Polícia Militar, esta infraestrutura garante maior eficácia para o agrupamento e, consequentemente para a população.

"Sabe-se que no resgate de acidentados, a diferença entre a vida e morte está na infraestrutura que os bombeiros possuem para desenvolver suas funções com eficácia, o que pode gerar um grande transtorno para a população e, o mais grave, resultar em risco de morte às pessoas”, disse o deputado Roberto Carlos.

Foram entregues, ainda, três quadriciclos, um jetski e uma ambulância, que deve representar um grande incentivo ao 10º Grupamento de Bombeiros Militares.


Centros de Economia Solidária ampliam rede e oferta de produtos para o Natal


Fonte: ASCOM-BA

Vitrines, prateleiras e balcões com inúmeras opções entre acessórios, objetos de decoração e até roupas. Produtos diferenciados em formas e qualidade, feitos à mão e a preços justos. Assim os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols) se prepararam para conquistar ainda mais o público, sobretudo com a chegada do Natal. Três destes centros estão em plena atividade na capital baiana e, o primeiro deles, funciona desde 2013, na Avenida Afonso Celso, na Barra. A iniciativa é uma das estratégias do Programa Vida Melhor, do Governo do Estado, executado por meio da Superintendência de Economia Solidária (Sesol), vinculada à Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Durante todo o ano, baianos e turistas que visitam o local têm à disposição ampla variedade de itens. Atualmente, motivados pelos festejos de fim de ano, os grupos de artesãos que compõem o Cesol Barra prepararam novidades, entre elas, diversos enfeites como guirlandas e presépios feitos de papel machê, além de cestas de natal montadas com produtos da agricultura familiar. Em relação às festas de confraternização comuns ao período, uma das possibilidades para manter a tradição com a originalidade e sofisticação é contratar o serviço de bufê disponível no local.

De acordo com a coordenadora do Programa Vida Melhor, na Setre, Albene Piau, está é uma "política pública de geração de trabalho e renda a partir da inclusão por meio do trabalho decente de empreendimento de Economia Solidária, que fortalece as cadeias produtivas através da assistência técnica. São oito em funcionamento e mais oito em fase de contratação nos territórios de identidade na Bahia".


Aprendizado importante


Além de ser uma opção original de presente e dar um toque especial aos festejos de fim de ano, os Cesols têm permitido que artesãs como Neia Estevam, do grupo de artesãs Arte 7, aprendam a melhorar o acabamento, divulgar e comercializar seus objetos. “A parte de aprendizado é muito importante e tem sido valiosa”, disse a artesã que divide os trabalhos com outras seis colegas do grupo. Juntas, elas produzem peças bordadas, crochê, papel machê, entre outras.

A Organização Social Filhos do Mundo é responsável por organizar e implantar o Cesol Barra. Conforme o diretor da entidade, Vasco Aguzzoli, o centro público tem a função de ajudar as pessoas a se organizar com ferramentas administrativas. “Os grupos de artesãos, em forma rotativa, têm a oportunidade de estar aqui para aprender a formar preço, atender ao cliente, a organizar vitrine, apresentar e divulgar o produto”.


Cesol Sussuarana


A mais nova unidade do Cesol foi inaugurada, em meados de novembro, no bairro de Sussuarana e já é considerada a loja conceito. Localizada na Avenida Ulisses Guimarães, ao lado do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), além de objetos de decoração sofisticados como quadros em arte francesa - técnica considerada o início do efeito 3D -, feitos pela artesã Ana Canto Madureira, quem vai ao local encontra trajes para festas, enxovais de cama, mesa e banho, brinquedos e artigos de natal, boa parte feita a partir de material reciclado.

De acordo com o designer e assessor de comunicação da unidade, Martoni Costa, de tão bonito e atrativo que ficou o espaço, colaboradores de outras vitrines de formação em comercialização, como também são chamadas estas unidades, têm procurado o Cesol Sussuarana para troca de experiências. “Fizemos um ambiente todo pensado na sustentabilidade e que gerasse rentabilidade aos empreendimentos de economia solidária. Nosso desafio foi construir um espaço legal com um baixo custo, menos de R$ 15 mil. O Cesol Mares, na Cidade Baixa, está sendo remodelado e seguindo o conceito que aplicamos aqui em Sussuarana”.


Equipe multidisciplinar

De acordo com o coordenador da Cesol Sussuarana, Roberto Paulo Souza, cada centro tem uma equipe multidisciplinar formada por administrador, contador, advogado e técnico em economia solidária, que dá suporte aos empreendimentos que estão na loja, além de realizar visitas nos locais onde são produzidas as peças. “Eles realizam estudos de viabilidade, planos de ação e capacitações específicas como jurídica e contábil, de acordo com a carência de cada empreendimento”.

Roberto disse ainda que a proposta é desenvolver ações qualitativas com os cerca de 140 empreendimentos da unidade. “Queremos trabalhar com as carências destes empreendimentos para que eles passem de grupos informais à cooperativas e associações”.

O superintendente estadual de Economia Solidária, Milton Barbosa, informou que, atualmente, além dos três Cesols em Salvador, existem cinco no interior - Itabuna, Pintadas, Santo Antônio de Jesus/Cruz das Almas, Juazeiro e Guanambi. “Vamos contratar mais dez centros públicos de economia solidária visando fornecer, especialmente, assistência técnica aos empreendimentos associativos e cooperativos nestes territórios. Nossa expectativa é que cada centro se torne referência para todas as políticas públicas de inclusão socioprodutiva nos territórios onde estão instalados”.