quinta-feira, 28 de abril de 2016

Projeto de Lei do deputado Roberto Carlos, que prevê a redução do consumo de sal, tramita na Assembleia Legislativa da Bahia



O Projeto de Lei de autoria do deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, que visa reduzir o consumo de sal de cozinha pelos baianos e, como consequência, a incidência da hipertensão, através da proibição da colocação de saleiros nas mesas de bares, restaurantes e lanchonetes, está em tramitação no legislativo, passando pela Comissão de Constituição e Justiça.
De acordo com o parlamentar, o sal só poderá ser levado à mesa, somente, se o cliente solicitar. “Não podemos proibir o consumo de sal, mas com essa medida, o sal fica fora do alcance dos clientes, que consumirão, muitas vezes, seus alimentos sem acrescentá-lo à refeição. Vale ressaltar, que o restaurante e similares poderão servir, caso o cliente solicite”, disse o deputado Roberto Carlos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o brasileiro consome cerca de 12 g de sal por dia, equivalente a 12 sachês ou uma colher de sopa. “O recomendado seria metade dessa quantidade, ou seja, uma colher de sobremesa”, alertou Roberto Carlos, na justificativa do documento. Ele lembrou ainda que, segundo os médicos, o sal de cozinha é um dos principais vilões da boa saúde e que a hipertensão é uma das doenças causadas pelo consumo excessivo do produto.
Esse excesso, acrescentou, pode acarretar ainda em sérias consequências ao nosso organismo, tais como inchaço, já que o sódio provoca retenção de líquidos, além de provocar o aumento da pressão arterial, podendo levar ao infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral (derrame) e problemas renais. “É importante que todos tenham conscientização desse perigo, principalmente os indivíduos portadores de diabetes e doenças do coração, pois a necessidade do controle no consumo do sal nessas situações é de suma importância”, concluiu ele.

O projeto prevê ainda que os estabelecimentos que não cumprirem o determinado sofrerão penalidades que vão de advertência à multa.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos apresenta indicação solicitando a extensão do 'Programa Luz Para Todos' na zona rural de Pilão Arcado


O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa da Bahia, apresentou uma indicação destinada ao governador Rui Costa para proceder, junto a Secretaria de Infraestrutura do Estado, a extensão do 'Programa Luz Para Todos' na zona rural de Alagoinha, Olaria e Retiro, no município de Pilão Arcado.
Segundo o parlamentar, as localidades citadas vivem predominantemente da agricultura, onde a necessidade de bombeamento elétrico da água é de suma importância. “A região tem um solo fértil, onde o cultivo da agricultura, sobretudo, o de cebola, só não é maior devido a falta de energia, pois é sabido que o progresso de qualquer região depende de rede elétrica para alavancar”, disse o deputado Roberto Carlos.
As regiões ora mencionadas totalizam 36 casas e ficam a poucos metros da rede elétrica. Não diferente de outras regiões rurais do nosso Estado, todas dependem da agricultura para o seu sustento, pois além do cultivo de subsistência, é o que garante o desenvolvimento econômico daquela região. “Sabemos quantos benefícios a implantação do Programa Luz Para Todos traz para uma região. Tem como objetivo atender às pessoas do meio rural que não têm acesso à energia elétrica, e com isso, elevar a qualidade de vida no campo, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da região”, concluiu o deputado Roberto Carlos. Dados atestam que com a implantação do programa, a renda familiar cresceu, e com ela, as condições de moradia e as oportunidades de emprego.


terça-feira, 26 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos abre debate sobre o 'Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite' na ALBA




O deputado Roberto Carlos (PDT), como presidente da comissão de Agricultura e Política Rural, promoveu uma Sessão na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, para apresentar o Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura do Estado, que pretende organizar a cadeia produtiva da caprinocultura de leite e queijo no estado, através da inclusão dos pequenos produtores, fomentando a agroindustrialização.

De acordo com o presidente da comissão, é preciso estimular o setor, que tem sua representatividade no semiárido, com quase a totalidade da produção do país. “Com este projeto, o que se pretende é agregar mais valor ao queijo de cabra produzido em nossa região, através de utilização de técnicas mais avançadas, concursos e atribuição de selos para a produção desses queijos. Temos potencial para sermos os maiores produtores de queijos finos de cabra do país e alavancar este segmento da economia”, disse o deputado Roberto Carlos.

Os queijos finos já estão sendo fabricados na região e, segundo o parlamentar, esta ação vai agregar mais valor ao produto. “Inspecionado e habilitado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, o queijo fino com tecnologia francesa tem muito espaço no mercado brasileiro e internacional. Poderemos alavancar o setor da caprinocultura, bem como foi feito com a fruticultura irrigada em nossa região, com destaque para os nossos vinhos”, afirmou o presidente da Comissão.


O evento contou com a presença o secretário de Agricultura – Seagri, Vitor Bonfim, o diretor da Secretaria de Agricultura, Fábio Cedraz, os deputados Fábio Souto, Eduardo Salles, Jurandy Oliveira, Crisóstomo Antônio (Zó), Gika Lopes, além de criadores de cabra da região norte do estado.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos comemora a ampliação do número de leitos na emergência do Hospital Ernesto Simões


 
O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do governo do Estado na Assembleia Legislativa da Bahia, que está sempre na secretaria de Saúde do Estado apresentado pleitos que garantam mais qualidade no sistema de saúde oferecido aos baianos, comemorou a entrega da nova emergência do Hospital Ernesto Simões, nesta segunda-feira (25).
Segundo o parlamentar, a obra custou cerca de R$ 6,7 milhões e foi construída em uma nova área de 200 m², dobrando o número de vagas para 35 leitos. “O objetivo é ampliar o serviço de emergência de saúde na região, oferecendo mais conforto aos pacientes que contarão, também com equipamentos mais modernos O hospital fica no bairro do Pau da Lima, e atende aos moradores do bairro da Liberdade, um dos mais populosos de Salvador”, disse o deputado Roberto Carlos.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos participou da 2ª Feira de Caprinos e Ouvinos de Juremal






O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo e presidente da comissão de Agricultura e Política Rural, na Assembleia Legislativa da Bahia, participou, no distrito de Juremal, em Juazeiro, da 2ª Feira de Caprinos e Ovinos.
Na oportunidade, o parlamentar que defende o Projeto 'Cabra Produtiva e Rota do Leite', conversou com os produtores sobre o assunto. “Não estou surpreso com a adesão geral, porque reconheço um projeto com grande potencial, que vai agregar mais valor aos queijos finos de cabra, produzidos em nossa região, ampliando a produção e gerando mais renda, embora o mercado de queijos finos ainda seja pouco explorado na Bahia”, disse o deputado Roberto Carlos.

No evento, o parlamentar se reuniu com o criador e empresário do ramo, Zezinho do Verdão, a liderança política Mauro da Jurema, a ex-vereadora Jane e o ex-presidente da Câmara de vereadores de Juazeiro, Florêncio Galdino.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Deputado participa de encontro que visa estimular a produção de queijos finos na Bahia







O deputado Roberto Carlos (PDT), Vice-líder do Governo e presidente da Comissão de Agricultura e Política Rurals, na Assembleia Legislativa da Bahia, participou do encontro com os produtores de queijo de cabra, que fazem parte do Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite, e realizou a primeira ação, oferecendo capacitação com a Drª Maria Helena, especialista em fabricação de queijos finos, com tecnologia francesa.
Os queijos finos já estão sendo fabricados na região e segundo o parlamentar, esta ação vai agregar mais valor ao produto. “Inspecionado e habilitado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, o queijo fino com tecnologia francesa tem muito espaço no mercado brasileiro e internacional. Poderemos alavancar o setor da caprinocultura, bem como foi feito com a fruticultura irrigada, em nossa região com destaque para os nossos vinhos”, disse o deputado.

De acordo com o parlamentar, a Secretaria de Agricultura do Estado – Seagri – está se empenhando nesse projeto, que tem como um dos principais estimuladores o diretor do órgão Fábio Cedraz. “Precisamos unir todas as forças para estimular o setor, que tem sua representatividade no semiárido, com quase a totalidade da produção do país. No próximo dia 26, vamos receber representantes do setor na comissão de agricultura da Assembleia Legislativa para discutir mecanismo de ampliação”, concluiu o deputado Roberto Carlos.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Deputado parabeniza o município de Biritinga pela passagem dos seus 54 anos de Emancipação Política




O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, apresentou uma Moção de Congratulação à cidade de Biritinga pela passagem do aniversário de sua emancipação política e administrativa de 54 anos, que ocorre no dia 23 de abril.
De acordo com o parlamentar, é uma grande honra ser um representante de município na ALBA e poder fazer essa homenagem. “Por conhecer a rica história de Biritinga, de um povo valente, parabenizo pela passagem dos seus 54 anos. Quero reafirmar o meu compromisso com esta cidade, tão querida para mim. Continuarei o trabalho para garantir que o avanço seja recorrente em Biritinga”, disse o deputado Roberto Carlos.

Recentemente tive a honra de, junto ao prefeito Gilmário Oliveira, inaugurar a Praça da Ciência e Tecnologia, que objetiva tornar popular a ciência nos espaços públicos, despertando nos jovens e crianças o interesse por conhecimentos em tecnologia e inovação”, concluiu o deputado Roberto Carlos.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos apresenta Projeto de Lei com finalidade de ampliar ações voltadas para recuperar dependentes químicos


O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, apresentou o Projeto de Lei (21.823/2016) que visa utilizar os bens apreendidos nos crimes relacionados a tráfico de drogas para fomentar ações de recuperação de viciados da Bahia.

Segundo o parlamentar, o objetivo central desta proposição é arrecadar mais recursos para a recuperação de usuários de drogas. “Pelo presente projeto, os valores apreendidos em razão de crimes envolvendo o tráfico de drogas, serão destinados ao desenvolvimento de atividades de repressão, prevenção, tratamento e reinserção social de dependentes químicos”, disse o deputado Roberto Carlos.
A Dependência Química é uma doença classificada pela Organização Mundial de Saúde, pela Classificação Internacional de Doenças (CID 10, F-10 a 19): “Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substâncias químicas”. Portanto, um problema grave e crônico de saúde. E como qualquer problema de saúde, evidentemente, deve ser tratado por profissionais especializados da área da saúde.

Segundo o parlamentar, as estruturas utilizadas no processo de recuperação de jovens viciados são extremamente caras, envolvendo diversos profissionais, como psiquiatras, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais, além de instalações físicas, mobiliário, alimentação.


O Estado enfrenta dificuldades em oferecer clínicas e leitos suficientes para atender dependentes de substâncias entorpecentes e a capacidade de acolher esses dependentes está aquém do necessário. Ademais, a utilização desses valores destinados ao tratamento e recuperação de viciados em drogas, o que também se busca é um menor custo para a sociedade e o Estado”, ressaltou o deputado Roberto Carlos. 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos discute sobre a Ceplac, EBDA e fomentação da produção de queijo do semiárido Baiano, na Comissão de Agricultura






O presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural, deputado Robertos Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, discutiu na sessão, desta terça-feira (12) sobre a situação da Ceplac, EBDA e fomentação da produção de queijo de cabra, que resultou em um debate bastante participativo entre os parlamentares.
Na oportunidade, foi apresentada a necessidade de reaver a situação da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – Ceplac, que foi rebaixada a um mero departamento do Ministério da Agricultura, perdendo, assim, autonomia técnica e orçamentária. Segundo o parlamentar, a Ministra Kátia Abreu (Agricultura) precisa discutir com os parlamentares e políticos que vivem a realidade da cacauicultura, para tomar qualquer medida envolvendo a Ceplac, reavendo esta medida.
Outro tema explanado durante a sessão foi a necessidade de realizar e ampliar o trabalho que era desempenhado pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA, que tem como premissa favorecer a assistência técnica e extensão rural, no estado da Bahia. “Precisamos dar continuidade, com excelência, ao trabalho que era desempenhado pelo órgão. É fundamental abrir espaço para um diálogo com o Secretário de Desenvolvimento Rural – SDR, Jerônimo Rodrigues”, disse o deputado Roberto Carlos.

A reunião da Comissão de Agricultura foi encerrada com a sugestão do presidente, Roberto Carlos, de convidar o Secretário de Agricultura do Estado – Seagri, Vitor Bonfim, e o diretor da Secretaria, Fábio Cedraz, para explanar aos parlamentares sobre o Projeto que visa alavancar a produção de queijos de cabra no Estado, sobretudo no semiárido. “Isso aconteceu com o vinho. Hoje, os vinhos da região do Vale do São Francisco são reconhecidos por sua qualidade em todo o mundo, para isso, foram aperfeiçoadas as técnicas de produção. É isso que precisamos fazer na cadeia produtiva de caprinos e ovinos, atribuir o selo de qualidade e, assim agregar valor ao nosso queijo, que tem potencial de ser um dos melhores do mundo, através do uso das técnicas internacionais”, disse o deputado Roberto Carlos.  

terça-feira, 12 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos trabalha para a ampliação da cadeia produtiva de caprinos e ovinos no semiárido







Com o objetivo de fomentar a cadeia produtiva de caprinos e ovinos do semiárido baiano, o deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo do Estado, participou de diversas reuniões com o diretor da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura – Seagri, Fábio Cedraz, para analisar o projeto desenvolvido pela diretoria do órgão, que tem como premissa alavancar a produção de queijos de cabra no Estado.

Segundo o parlamentar, o que se pretende é favorecer a produção de queijos de cabra e queijos finos na região norte do Estado. “Isso aconteceu com o vinho. Hoje, os vinhos da região do Vale do São Francisco são reconhecidos por sua qualidade em todo o mundo, para isso, foram aperfeiçoadas as técnicas de produção. É isso que precisamos fazer na cadeia produtiva de caprinos e ovinos, atribuir o selo de qualidade e, assim agregar valor ao nosso queijo, que tem potencial de ser um dos melhores do mundo, através do uso das técnicas internacionais”, disse o deputado Roberto Carlos.

O parlamentar reuniu-se com o secretário da Seagri, Victor Bonfim a fim de solicitar empenho e apoio para estimular esse projeto e teve o parecer favorável do secretário. O pedido foi endossado essa semana, na Assembleia Legislativa, através da indicação apresentada pelo deputado Roberto Carlos.

Mais informações, acesse:

http://www.al.ba.gov.br/atividade-parlamentar/proposicoes-resultado.php?cod=IND/21.662/2016


quinta-feira, 7 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos e o prefeito de Filadélfia, Barbosa Júnior, são contemplados com ação da Cerb que vai ampliar o sistema de abastecimento de água




O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, garantiu, junto com o prefeito de Filadélfia, Barbosa Júnior, na Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia – Cerb, a liberação de 6 mil metros de cano PN50 para ampliação do sistema de abastecimento de água tratada, na localidade de Poço, que vai atender 86 famílias.
Durante esta semana, o deputado Roberto Carlos, o prefeito de Filadélfia e representantes da Associação do Poço, bem como a presidente Janecélia, estiveram na Cerb onde assinaram o convênio de liberação dos canos que vão garantir a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água no município. “Vivemos um período de estiagem que castiga a população de Filadélfia. Precisamos ampliar as ações que diminuam os drásticos impactos causados pela seca. Sei que temos uma grande caminhada para solucionar este problema que é histórico, mas com a sensibilidade do nosso governo, através do empenho do presidente da Cerb, Marcus Vinícius, teremos grandes conquistas”, disse o deputado Roberto Carlos.

Segundo o Prefeito Barbosa Júnior, esse pleito representa um anseio antigo da comunidade de Poço, tendo como maior interme diário deste pedido o senhor Paulinho do Leite.  

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Deputado Roberto Carlos lamentou com pesar a situação da Ceplac



O presidente da Comissão de Agricultura e Políticas Rurais, deputado Robertos Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA, repudiou a medida da Ministra Kátia Abreu (Agricultura), em ter rebaixado a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – Ceplac, à condição de um mero departamento do Ministério da Agricultura.
Segundo o parlamentar, a ministra deveria ter discutido sobre esta ação, nesta Comissão da ALBA. “Aqui, é o fórum mais apropriado para discutir o assunto. Nós estamos mais próximos dos produtores de Cacau da Bahia e ciente da importância da Ceplac neste momento. Agora que a cacauicultura começa dar os primeiros sinais de melhora, é fundamental que o órgão se mantenha autônomo e com mais independência trabalhando mais perto e ajudando com menos burocracia o setor cacaueiro”, disse o deputado Roberto Carlos.

A Ceplac foi criada há 60 anos, em seis estados brasileiros, possuindo cerca de 1.300 funcionários, mas há 28 anos estava sem concurso público. De acordo com o parlamentar, transformar a Ceplac num departamento do Ministério fere fatalmente os produtores de cacau e o órgão que perde a autonomia. “A Ceplac precisa ser fortalecida. Esta medida deve ser revertida. Com isso, o órgão perde orçamento, autonomia financeira e técnica para ajudar os cacauicultores”, concluiu o deputado Roberto Carlos.